Arquivo de etiquetas: modos de focagem

Modos e de focar e pontos de focagem

Pontos de focagem são pontos onde se define, para uma determinada cena, o que fica focado.
Nas máquinas sem AutoFocus via-se se a imagem estava focada, no viewfinder, através do alinhamento visual de linhas verticais no meio da cena.

A minha primeira máquina já tinha 3 pontos de focagem. Um a meio, outro à esquerda e outro à direita. Hoje em dia facilmente se passam os 10 pontos de focagem e, se dissermos que todos são usados, a máquina escolherá um (ou mais consoante o DOF) para focar.

A minha recomendação vai no sentido de se usar sempre e apenas o ponto do meio (ok, 99% das vezes). É onde a máquina foca melhor. É onde a imagem tem mais qualidade. É, muitas vezes, onde está o nosso “assunto”. Normalmente, em cenas “calmas”, pode-se focar (e ler) com o ponto do meio carregando no botão até meio de modo a fazer o lock e depois, sem levantar o dedo, reenquadrar e carregar para tirar a foto.

Um amigo meu que me ensinou muito chama “autodesfocus” à utilização de AF de uma forma totalmente automática. Para ilustrar este nome pensem em usar o AF + modo automático de disparo para fotografar uma corrida TT em que os carros passam por trás de árvores. Não imaginam a quantidade de vezes que as árvores sairão focadas.

Os modos de focagem são, entre outros:

One shot: A câmara lê, foca, tira a foto. No caso de se usar o click até meio (para fazer lock à leitura e focus) o foco não vai mudar independentemente do que vocês façam à câmara. Se estiverem a seguir um determinado assunto (um carro numa pista, por exemplo, e estiverem junto à linha de meta) e carregarem até meio no início da recta, esperarem que o carro passe na linha de meta e tirarem a voto.. vai ficar desfocada porque a distância do carro, na linha de meta, a distância é muito menor do que quando fizeram o lock. Se usarem este modo para assuntos em movimento, cuja distância entre a câmara e o assunto varie, carreguem até ao fundo de imediato e aí, o mais rápido que conseguir, a câmara vai ler, focar, tirar a foto.

Continuous AF: A câmara lê, foca, tira a foto. No caso de se usar o click até meio (para fazer lock à leitura e focus) o foco não vai mudar independentemente do que vocês façam à câmara. Mais uma vez, se estiverem a seguir um determinado assunto (um carro numa pista, por exemplo, e estiverem junto à linha de meta) e carregarem até meio no início da recta, esperarem que o carro passe na linha de meta e tirarem a voto.. vai ficar focada porque a câmara vai sempre variar a distância de focagem à medida que acompanham o assunto. Tenham cuidado, no entanto, com as condições de luz porque a medição foi feita no início da meta e podem ser diferentes na linha de meta. Cada marca tem a sua variação do continuous AF mas a ideia é a mesma -> manter o assunto focado à medida que a distância entre o assunto e a câmara varia.

Manual: conseguem prever o que vai acontecer? Há algum tempo de espera? Foquem no ponto previsto, passem para MF, quando acontecer o que esperam tirem a foto. A câmara vai, quase de imediato, tirar a fotografia já que não precisa de verificar que o foco está no ponto escolhido. Tal como nos casos anteriores, sabemos que o carro vai passar na linha de meta. Previamente, usamos o AF para focar na linha de meta (e medir, já agora), passamos para MF. Acompanhamos com a câmara a deslocação do carro através da recta da meta e, quando ele passar na linha (o nosso ponto onde está focado) tiramos a foto.